Newsletter

Cadastre-se e receba as novidades do leitedopeito.com

Nome:

Email:

 
Depoimentos PDF Imprimir E-mail
Índice do Artigo
Depoimentos
Página 2
Página 3
Todas as Páginas

 

Depoimentos

Adicione aqui seu depoimento

Obrigatório*

 
Favor preencher com seu nome completo

 
Favor preencher com o nome de seu filho

 
Favor preencher com seu e-mail válido

 
Adicione seu comentário neste campo


  Refresh Captcha  
Campo inválido (obrigatório or valor incorreto)
 

Nome da Mãe: Damaris

Nome da Criança: Isabelle

Comentário: Minha vida como mãe Meu sonho era ser mãe e sempre achei que quando tivesse um filho, tudo seria perfeito, assim como acontece nas novelas. Até que engravidei. Que felicidade, agora estava aos poucos me tornando mãe. Fazer as ecos, ouvir o coraçãozinho e sentir as mexidas em minha barriga, eram a maior alegria dos meus dias! O dia em que minha pequena Isabelle nasceu foi marcado com muitas lembranças inesquecíveis, cheirinho de bebê, sabor de alegria e definitivamente a minha família havia aumentado naquele instante. A gente só sente o que é ser mãe de verdade, quando toda a sua rotina muda. Com as fraldas para trocar, as mamadas, as noites sem dormir... Mas claro, que isso é sempre recompensado com os sorrisos e o sentimento mais profundo do mundo: ser mãe de um serzinho tão lindo e indefeso. A minha maior convicção desde que engravidei era a de querer amamentar minha filha o tempo que fosse necessário. Mas não foi tão fácil assim... Com um pediatra me “forçando” a dar leite de lata, fiquei de queixo caído, coração mais que apertado e machucado e assim comecei a dar mamadeira. Até que me lembrei de uma palestra que a Grazi deu. E foi com ela, uma mãezinha para mim, que começamos a luta para poder amamentar a minha pequena. Foi um mês bem cansativo, mas que valeu a pena! Começamos a usar a esgotadeira, tomar remédio, muito líquido, relaxar e aproveitar este momento tão importante que é a amamentação. Meu marido também, estava sempre ao meu lado, me apoiando e fazendo o necessário para que eu me sentisse bem. Me entreguei de verdade à este ato tão cheio de amor. Lembro que no começo eu mesma chorava por me sentir incapaz de amamentar – tudo isso por aquele tal pediatra que não me incentivou em nada... Mas hoje, quando olho para a minha pequena com 10 meses, saudável, com o peso ideal, me sinto uma grande vitoriosa! Ainda amamento e sei que grande parte desta conquista se deve também a Grazi, pela sua paciência e cuidados comigo e com a Isabelle. Agora sei que amamentar é mais uma questão de querer do que poder. Se temos alternativas, porque privar os nossos filho deste carinho? Por isso, tenho a convicção de que amamentar é puro um ato de amor!!



Nome da Mãe: Dulcimara Alves da Rocha Santos

Nome da Criança: Vitória Rocha Santos

Comentário: Amamentar a Vitória era meu maior sonho e com a ajuda da Grasiela ele se tornou realidade. Li artigos, fiz curso, estudei, preparei o seio. Mas a Grasi foi mais que fundamental! Além da orientação ela me deu e me dá apoio para enfrentar as dificuldades e seguir em frente. Grasiela obrigada por tudo. Todas as dificuldades que passei para ter meu bebê em Curitiba forem superadas ao ver a Vitória saudável e amamentada. A Vitória já irá fazer três meses e cresce cada vez mais e mais acima das espectativas e mamando exclusivamente no seio. Muito Obrigada!


Nome da Mãe: Mara Kauer

Nome da Criança: Arthur Kauer

Comentário: Grasi, não podia esquecer de voce nesta data...sua importancia em nossas vidas foi essencial...vc e nossa madrinha querida.Muito sucesso sempre!


Nome da Mãe: Cris Lachica

Nome da Criança: Alice

Comentário: "DEPOIS QUE CONHECI A GRASI, ACREDITO QUE ELA EH UMA DESSAS PESSOAS MEIO "ANJOS", REALMENTE ENVIADAS A NÓS, PARA PRESTAR UMA GRANDE AJUDA, UM TRABALHO DE MUITA IMPORTANCIA. QDO TIVE MEU 1o. FILHO EM 2005 SOFRI MUITO PARA AMAMENTAR E NAO TIVE AJUDA SIGNIFICATIVA DE NINGUEM. NAO DESISTI PQ ACHAVA IMPORTANTE INSISTIR MAS TIVE PROBLEMAS ATÉ O 3o. MES. QDO TIVE MINHA ALICE, EM 2010, TINHA OUVIDO FALAR DA GRASI, E NAS 1as SEMANAS, QDO OS PROBLEMAS COMEÇARAM, JA LIGUEI PRA ELA. O QUE ELA FEZ POR MIM NAO TEM PREÇO. NAS DUAS VEZES QUE PRECISEI CHAMÁ-LA, ELA FOI DE UMA IMPORTANCIA NO MEU PROCESSO, DE UMA COMPETENCIA NO SEU TRABALHO, QUE ACHO Q AQUI EM CURITIBA NAO TEM IGUAL. QUERIA CONSEGUIR PASSAR AQUI TODA A ADMIRACAO E ALIVIO QUE SENTI NAS VISITAS DA GRASI, POR ELA SABER EXATAMENTE COMO RESOLVER NOSSOS PROBLEMAS, NOSSAS DORES, FISSURAS, MASTITES, E TUDO MAIS DESSE COMEÇO TAO DIFICIL (P/ ALGUMAS MAES) QUE EH O NASCIMENTO E ALEITAMENTO DE UM FILHO. "




Nome da Mãe: Jaqueline Conte

Nome da Criança: Anna Sophia

Comentário: "Amamentei minha filha até dois anos e dois meses. No começo, não foi fácil. Quando engravidamos, ninguém nos diz sobre como amamentar pode ser doído (E para muitas mulheres realmente não é, ainda bem). Mas essa fase difícil passa logo, ainda mais se temos alguém especial para nos orientar (todo mundo - mãe, tia, vizinha, papagaio e periquito - tem uma dica pra dar, nem sempre correta). Tive a alegria de ter o apoio fundamental da Grasiela. Trocamos o primeiro e-mail em 20 de maio de 2008. Minha filha nasceu no dia 23. Ela me deu orientação e forças para encarar essa tarefa única e maravilhosa que é amamentar. Como fazer, como doar (doei 13 litros para o banco de leite). Até o sexto mês a alimentação da bebê foi exclusivamente o leite materno. Só com um ano e trës meses experimentou outro tipo de leite (de vaca). Até os dois anos, mamava no peito quatro vezes ao dia (eu trabalho o dia todo fora, mas almoço em casa). Com dois anos, fui tirando uma mamada do dia por vez, até que ficasse apenas a de antes de dormir. Um belo dia (5 de agosto de 2010) ela mesma disse: "mamãe, não quero mamar". Sem stress, o ciclo foi concluído. Essa história "redonda" se deve muito à Grasi. Ela tem um trabalho abençoado. Poder ganhar a vida ajudando pessoas num momento tão especial e delicado e sabendo que faz a diferença para muitas mulheres e muitos bebês deve ser realmente motivo de muito orgulho. Que Deus proteja sempre este trabalho de "anjo da amamentação".

 


Nome da Mãe: Vanessa Freitas

Nome da Criança: Alice

Comentário: Grasi!!! Parabéns pela conquista!!!! Você merece!!! Bjus

Nome da Mãe: Juliana Werner

Nome da Criança: Daniel

Comentário: Com minha primeira filha, Manoela, não tive sucesso na amamentação. A minha inexperiência e falta de um bom aconselhamento profissional prejudicaram muito esta etapa tão importante do desenvolviento do bebê... Mas no meu segundo filho, Daniel, eu recebi um SUPER presente: minha irmã me presenteou com a Grasi!!! E graças a enorme e fundamental ajuda, paciência, persistência e competência da Grasiela, a amamentação dele foi um sucesso! Obrigada, parabéns e um beijo enorme!  

Casa da mae_6_mar_10 (4).JPG - 131.49 Kb



Nome da Mãe: Betina Werner

Nome da Criança: Matias

Comentário: A Grasi foi uma mulher fundamental na minha transformação de mulher para mãe. Vibramos juntas e sofremos juntas no processo de amamentação do meu filho Matias. Nossas vidas foram marcadas por sua força, otimismo, profissionalismo, carinho, e para a minha sorte, amizade... Estou louca para "contratar" os seus serviços de novo. Você é a minha enfermeira do peito (literalmente) e do coração!

1a6m.jpg - 515.04 Kb

 


 

Nome da Mãe: Kátia Renata Antunes Kochla

Nome da Criança: Lucca Antunes Kochla

Comentário: Querida Grasi Estou passeando no seu site e obviamente tenho que escrever algo. Minha colega de profissão e minha enfermeira do peito tenho grande admiração pelo seu trabalho e amor pelo aleitamento materno. Eu, papai Aroldo e Lucca agradecemos seu apoio para manter o aleitamento no meu retorno ao trabalho. Ameiiiiiii amamentar e espero poder alugar novamente a esgotadeira. O Lucca ama o peito e mesmo desmamado com 1 ano e meio ele beija meu seio, faz carinha e pede para ver o "titi" todo dia. Sinto meu filho feliz, saudável, amável e, não tenho dúvidas de que ele tem estas qualidades porque mamou no peito. bjsssss amigas Sou uma enfermeira que acredita muito no seu trabalho!

 


 

Nome da Mãe: Solange

Nome da Criança: Marco Antonio e Matheus

Comentário: No nascimento do meu primeiro filho o início da amamentação foi uma fase muito difícil e dolorida, no primeiro mês achei que não iria conseguir, mas fui persistente e toda aquela fase dolorosa passou. Amamentei o Marco Antonio até os seis meses. Acreditem, o início pode ser extremamente desgastante, mas passa e depois vem à recompensa da integração de você com o seu filho. Com a amamentação críamos um vínculo único, algo que eu não sei explicar com palavras. Hoje já estou amamentando o meu segundo filho, Matheus, que está com quase três meses. O aleitamento materno faz dele um bebe muito saudável e sempre que vamos ao pediatra o mesmo elogia o crescimento e o ganho de peso. Acredito que por já ter experiência o início da amamentação do Matheus foi bem mais tranqüila, nos primeiros dias tive problema com ingurgitamento quando desceu a apojadura, mas aí a Grazi me salvou pela segunda vez. Grazi muito obrigada pela ajuda, nesses momentos que são difíceis, mas não deixam de ser especiais.




Nome da Mãe:Uria

Nome da Criança: André

Comentário: A Grasi me ajudou muito na amamentação ela foi meu anjinho da guarda, acredito que graças a sua ajuda eu amamentei o André até os dois anos. É a melhor coisa do mundo

 

 


Nome da Mãe: Mirlei 

Nome da Criança: Arthur

Comentário: ADOREI AS ORIENTAÇÃES DA GRASi .REALMENTE ELA É UM ANJO NAS NOSSAS VIDAS.TAMBEM TIVE MUITAS DIFICULDADES NO INICIO DA AMAMENTAÇÃO.MÃES COM DIFICULDADE DE AMAMENTAR CHAME Á GRAI...ELA É ESPECIAL.



 

 

Atendimento domiciliar e consultório - 41 9624-3069